terça-feira, setembro 22, 2015

O Tio acaba acordado às quatro da manhã #2

Desta vez, não fui acordado com barulho de ferros ou com o que vou descrever a seguir Já estava acordado. Ando meio atacado da sinusite e tenho passado algumas noites a acordar várias vezes a meio da noite para ir ao WC, ir à cozinha beber água, etc. Provavelmente, se não fosse me ter levantado, eu tinha continuado a dormir.


Devido a andar a dormir mal, lá me levantei pela terceira vez para beber um bocado de água (eu tinha um copo de água à beira... mas tinha acabado nas outras duas vezes) e voltei para a caminha, onde estava confortável e no quentinho. De repente, como trovão no verão, ouço o seguinte:

Ela (A gritar): Nojento! És um nojento! Que nojo! Nojento! Que porco! Nojento! ... (Chamar mais umas vinte vezes de porco e nojento) ... (Qualquer coisa ininteligível) de quatro! Porco! És um porco! Que nojo! Porco!
Ele não falou durante todo este tempo. Provavelmente já tinha adormecido.


Isto durou pouco mais que dois minutos, mas despertou-me de qualquer sono que eu ainda tivesse. Até a minha menina se obrigou a despertar para ouvir a discussão do andar de cima (quando acabou a discussão ela voltou a adormecer que nem um calhau passo uns minutos). Mas as grandes dúvidas são as seguintes:

  1. O que a levou a fazer tal chinfrim às tantas da madrugada?
  2. Só conheceria as palavras nojento, nojo e porco?
  3. O que deve ter ela dito na tirada "(Qualquer coisa ininteligível) de quatro!"
Desta vez não me acordaram. E creio que não acordasse com apenas isto visto que nem durou 2 minutos. Mas fiquei a matutar quando acordei hoje de manhã... O que raio foi de quatro e até que ponto quero eu realmente saber disso. Enquanto que tenho aquela curiosidade saudável em querer saber, acho que prefiro não saber e ficar na felicidade da minha ignorância. Ignorance is bliss!

8 comentários:

esperto que nem um alho disse...

Há pessoas muito limitadas e preconceituosas. eheheheheheh

C. disse...

epa :s menos!

*Nightwish* disse...

Nunca mais vou ser a mesma... Agora, sempre que ouvir a expressão "de quatro", vai ter um significado totalmente diferente... xD
****

Tiara disse...

é preciso muita paciencia e sorriso no rosto

Ricardo M.B.B. disse...

[Talvez seja eu que ando muito sensível por causa de estar longe das pessoas com quem estava todos os dias, mas sorri quando li "minha menina" =P ]

Já comentei no blog da "tua menina" que neste momento não tenho problema com vizinhos, e que só tive com salto-altos e bater bifes de madrugada. Apenas isso. =P Agora, desejo-te sorte com a sinusite e com os vizinhos de cima. Alguma coisa, não hesites e liga para a polícia, eu acho que já tinha ligado...adoro um bom drama. =P Boa sorte!!

Sandra Black disse...

Se calhar estavam a dormir e ele peidou-se encostado à perna dela :D

Pequeniña disse...

ahahah só aventuras com os vizinhos! Eu tenho uns no 1º andar (eu vivo no 3º) que fazem umas festas e é uma xinfrineira durante a madrugada. Já chamei a polícia e foi remédio santo!

umpoucodemim disse...

Ri-me tanto!